Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

Ministério Público presente em mais uma edição do Justiça Cidadã

Atualizado em 11/06/2019 10:08

A Comarca de Miracema recebeu nesta segunda-feira, 10, o projeto Justiça Cidadã, uma iniciativa do Tribunal de Justiça que visa levar o Sistema de Justiça até a comunidade. O Ministério Público do Tocantins (MPTO) esteve presente no evento de abertura, ocasião em que a chefe de gabinete da PGJ, promotora de Justiça Cynthia Assis de Paula, representou o procurador-geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior.


Durante a solenidade, a promotora Cynthia Assis destacou, entre outros aspectos, que o Projeto representa a concretização do princípio constitucional do acesso à Justiça, bem como do princípio democrático. Ela ressaltou a importância, para o povo tocantinense, de receber os representantes do Sistema de Justiça e se verem contemplados com ações de cidadania. “O projeto Justiça Cidadã concretiza direitos e aproxima as instituições que compõem o Sistema de Justiça da sociedade”, concluiu.


O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, enfatizou o papel dos órgãos que integram o Sistema de Justiça e agradeceu a participação de todos no Projeto. “Já pararam para pensar o quanto o nosso trabalho faz diferença para a sociedade, cuidamos da vida das pessoas, nós somos todos servidores públicos – juízes, servidores, demais integrantes do Sistema de Justiça e precisamos servir bem ao público”, disse.


Participaram da solenidade de abertura a promotora de Justiça Sterlane de Castro Ferreira, o juiz diretor do Foro da Comarca de Miracema do Tocantins, Marcello Rodrigues de Ataídes; o defensor público-geral, Fábio Monteiro dos Santos; o prefeito de Miracema, Saulo Milhomem; o presidente da OAB-TO, Gedeon Pitaluga; a coordenadora Estadual do Proerd, coronel PM Alaídes Machado; o delegado de Polícia Civil Clecyws Antonio de Castro Alves; além de magistrados, servidores e representantes da sociedade.


Justiça Cidadã

Esta é a segunda edição do projeto Justiça Cidadã. A primeira foi realizada no mês de maio, na Comarca de Novo Acordo. A previsão é que a próxima cidade a receber o Projeto é Miranorte, no próximo dia 24 de junho. Dentre as atividades previstas estão a realização de rodas de conversa com estudantes das escolas públicas e de universidades, além de mutirões judiciais, balcão de informações, palestras, entre outras ações. O Justiça Cidadã será executado até junho de 2020 e deve percorrer todas as Comarcas no interior do Estado.