Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

MPTO fiscaliza centro de atendimento a dependentes químicos em Luzimangues e solicita adequações para o funcionamento

Atualizado em 05/05/2022 12:04


O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 7ª Promotoria de Justiça de Porto Nacional, com auxílio do Centro de Apoio Operacional da Saúde, vistoriou nesta quarta-feira, 4, o Centro Terapêutico Recanto Girassol, a fim de averiguar a qualidade do atendimento disponibilizado aos dependentes químicos internados na unidade. A instituição foi inaugurada em agosto de 2021 e funciona no distrito de Luzimangues.


Durante a inspeção, o promotor de Justiça Luiz Antônio Francisco Pinto e a equipe técnica do CaoSaúde constataram a necessidade da realização de consultas médicas mais frequentes para os acolhidos na unidade, possibilitando um acompanhamento efetivo, além de maiores chances de recuperação da dependência de álcool e drogas. 


Em relação à infraestrutura, foi verificado que duas fossas, uma do banheiro e outra da cozinha, apresentavam vazamento. No entanto, já estão sendo construídas duas novas para sanar o problema. 


Também foi observado que as internações não foram informadas ao Ministério Público. Diante disso, o diretor da instituição comprometeu-se a realizar a devida comunicação nas próximas semanas. 


Por fim, foi sugerido que a equipe de profissionais de saúde e terapêutica se reúna para discutir sobre o melhor tipo de tratamento, elaborando o Plano Individual de Atendimento (PIA), com participação da família.