Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal, atalho ctrl shift 1. Acessar formulário de pesquisa, atalho ctrl shift 2. Acessar menu, atalho ctrl shift 3. Acessar mapa do site, atalho ctrl shift 4. Para voltar ao menu de acessibilidade tecle ctrl shift 0.
Acessibilidade Alto contraste
+
Tamanho de texto

Ctrl/Cmd + para aumentar

Ctrl/Cmd - para diminuir

Ctrl/cmd 0 para voltar ao padrão

Ministério Público do Estado do Tocantins

Destaque

MPE lança Projetos de combate à violência contra mulher e proteção ao Idoso

Daianne Fernandes


A atuação do Ministério Público Estadual (MPE) junto à comunidade ganha um reforço especial nesta segunda-feira, 19, com o lançamento de três novos projetos na área de cidadania e combate à violência contra a mulher.


Aprovados pela Comissão de Planejamento e Gestão Estratégica (CPGE) para execução ainda este ano, os projetos Permanecer Melhor, Anjos da Guarda e SOS Mulher foram desenvolvidos pelo Núcleo Maria da Penha e pelo Centro de Apoio Operacional da Cidadania, dos Direitos Humanos e da Mulher (Caocid).


O lançamento acontece às 10h, na sala de reuniões da Procuradoria-Geral de Justiça em Palmas, com a presença de parceiros e apoiadores.


SOS Mulher

O Projeto SOS Mulher prevê uma reestruturação no atendimento à mulher vítima de violência doméstica, com a atuação de uma equipe multidisciplinar e práticas direcionadas a resguardar a mulher de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.


O objetivo é desenvolver ações tais como orientações de cunho jurídico e psicológico; atividades de socialização e cursos de capacitação e profissionalização, além da promoção de palestras e atividades de conscientização para resgatar e empoderar a mulher vítima de violência doméstica.


Permanecer Melhor

O “Permanecer Melhor” é um projeto de Proteção à Pessoa Idosa através de vistorias nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) existentes no Tocantins. Esse trabalho deve subsidiar os Promotores de Justiça que atuam na área, além de criar um grupo de Trabalho Interinstitucional com o objetivo de avaliar e monitorar as ações desenvolvidas por estas entidades, como medida para garantir a qualidade do serviço prestado à pessoa idosa


Anjos da Guarda

O Projeto Anjos da Guarda tem como meta formar parcerias com as Unidades Escolares, para conscientizar, através de palestras, jovens e crianças a combater toda forma de maus-tratos e violência contra mulher na esfera doméstica e familiar. Também quer aumentar o número de denúncias e fortalecer uma cultura de paz nas escolas por meio do exercício do diálogo, da tolerância e da solidariedade.

Publicado em