Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

Comitê define estratégias para a terceira etapa da campanha Parceria Solidária

Atualizado em 29/06/2020 17:32

O comitê interinstitucional da campanha Parceria Solidária reuniu-se nesta segunda-feira, 29, para definir estratégias para a terceira e última etapa da campanha, que deverá consistir na distribuição de aproximadamente 1.200 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social. A ação solidária é viabilizada por doações de membros e servidores do Ministério Público do Tocantins (MPTO) e do Tribunal de Justiça (TJ), que autorizaram descontos mensais em seus contracheques. 


Segundo foi definido na reunião, nesta terceira etapa de distribuição de alimentos, o programa voltará a atender as 35 comarcas do interior beneficiadas nas duas fases anteriores. Vencida esta prioridade, a ação solidária poderá voltar a atender também entidades sociais e associações da Capital que possuem cadastros de famílias em situação de vulnerabilidade, a exemplo da Liga Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer, Comitiva da Esperança e Unidos Por um Mundo Melhor, além da Casa de Recuperação de Paraíso, localizada naquele município. Nesta próxima fase da campanha, um novo grupo de organizações poderá ser atendido. 


Além das 35 comarcas e das entidades e associações, foi estabelecida a meta de alcançar também os municípios com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), priorizando-se os da região do Bico do Papagaio, onde há elevado  índice de contaminação pelo coronavírus.


Também restou deliberado que as comarcas de Miranorte, Palmeirópolis e Paranã, que ainda não executaram a segunda etapa da campanha, irão realizá-la simultaneamente à terceira etapa. Para cada uma destas comarcas, a quantidade de cestas básicas agora será adquirida em dobro: 44 kits alimentares.

Nesta fase final, as comarcas de Alvorada, Araguaçu, Taguatinga e Aurora do Tocantins, que não formalizaram adesão à campanha, terão uma nova oportunidade de fazê-lo, adquirindo, cada uma, 22 cestas básicas. 

Com a terceira etapa, a campanha Parceria Solidária deverá alcançar a marca de 3.500 cestas básicas distribuídas, correspondente a 42 toneladas de alimentos. Os kits alimentares começaram a ser distribuídos em maio. (Flávio Herculano)