Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

Publicado edital para seleção no mestrado em Prestação Jurisdicional e Direitos Humanos

Atualizado em 10/09/2019 11:04


A Universidade Federal do Tocantins (UFT) publicou nesta segunda-feira, 09, o edital para processo seletivo no Mestrado em Prestação Jurisdicional e Direitos Humanos, a ser realizado em parceria com a Escola Superior de Magistratura Tocantinense (Esmat).


O curso tem como público-alvo promotores, procuradores de Justiça e servidores efetivos e em cargos de comissão do Ministério Público do Estado do Tocantins; magistrados e servidores efetivos e em cargos de comissão do Poder Judiciário do Estado do Tocantins; defensores e servidores efetivos da Defensoria Pública do Estado do Tocantins, bem como profissionais que atuam no âmbito da Prestação Jurisdicional e/ou Direitos Humanos.


Os interessados em participar do certame têm entre os dias 23 e 30 de setembro para efetuar a inscrição no site: http://esmat.tjto.jus.br/portal/. O valor da taxa de inscrição é de R$ 150,00.


Das 26 (vinte e seis) vagas oferecidas, 7 (sete) foram destinadas para o Ministério Público do Estado do Tocantins, sendo 5 (cinco) para promotores e procuradores de Justiça e 2 (duas) para servidores da Instituição.


A subprocuradora-geral de Justiça, Maria Cotinha Bezerra Pereira, ressalta que a viabilização das vagas aos integrantes do MPTO foi possível a partir de iniciativa da Comissão de Planejamento e Gestão da Estratégia (CPGE), que propôs a inclusão de eventuais despesas para essa finalidade no orçamento de 2020. “O empenho da administração e do Cesaf na concretização dessa parceria, visando garantir que integrantes do MP ingressem na oitava turma de mestrado da Esmat representa, sem dúvidas, um avanço institucional e proporcionará a excelência no aperfeiçoamento de membros e servidores”, disse a subprocuradora e presidente da CPGE.


Para mais informações, consulte o edital disposto abaixo.