Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

Cultura MP

Atualizado em 09/09/2019 00:00


CULTURA MP: Campanha de Prevenção da automutilação e suicídio de crianças e adolescentes


O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 21ª Promotoria de Justiça da Capital, desde 2018 vem desenvolvendo o projeto Culturamp, cujo objetivo é a implementação de ações de prevenção à violência institucional, o preconceito e à discriminação, utilizando a cultura hip-hop como instrumento de interlocução com crianças, adolescentes e jovens.


Portanto, a campanha de prevenção à automutilação e suicídio de crianças e adolescentes é parte do projeto e tem como objetivo mobilizar e sensibilizar a sociedade para a promoção da saúde mental de crianças e adolescentes, utilizando a cultura hip hop como ferramenta de diálogo.


A Campanha foi criada com a participação de crianças, adolescentes e jovens que utilizam a cultura Hip Hop como forma de se expressar. Além da campanha estão previstas a realização de oficinas de formação política e intervenção prática. O público-alvo são adolescentes de 14 a 15 anos, de 3 escolas públicas da capital Palmas e estão previstas para iniciar em agosto do ano corrente.


Cultura MP: Promotora de Justiça Zenaide Aparecida da Silva

(VÍDEO DRA ZENAIDE)


Depressivamente

Ouça DepressivaMente,  feita pelo rapper Mano Josy especialmente para a campanha.


(RIMA MACRAMÊ)

Nenhuma descrição de foto disponível.


FIQUE POR DENTRO

Estima-se que 62 mil adolescentes morreram em 2016 como resultado de autolesão. 
O suicídio é a 2ª principal causa de morte entre adolescentes mais velhos (15 a 19 anos) no mundo.

Quase 90% de todos os adolescentes do mundo vivem em países de baixa ou média renda; no entanto, mais de 90% dos suicídios acontecem entre adolescentes que moram nesses países.
As tentativas de suicídio podem ser impulsivas ou associadas a um sentimento de desesperança ou solidão. 



Fonte: Folha informativa - Saúde mental dos adolescentes (OPAS Brasil).


4 PASSOS PARA AJUDAR UMA PESSOA SOB RISCO DE SUICÍDIO

CONVERSE: encontre um momento apropriado e um lugar calmo para falar sobre suicídio com essa pessoa. Deixe-a saber que você está lá para ouvir, ouça-a com a mente aberta e ofereça seu apoio. 


ACOMPANHE: fique em contato para acompanhar como a pessoa está se sentindo e o que está fazendo.


BUSQUE AJUDA PROFISSIONAL: Incentive a pessoa a procurar ajuda profissional e ofereça-se para acompanhá-la a um atendimento em Unidades Básicas de Saúde, CAPS e serviços de emergência (SAMU 192, UPA 24h, Pronto Socorro e hospitais).


PROTEJA: se há perigo imediato, não a deixe sozinha e assegure-se de que a pessoa não tenha acesso a meios para provocar a própria morte (pesticidas, armas de fogo, medicamentos, etc.)


Confira o vídeo do Ministério da Saúde sobre a prevenção do suicídio -


Fonte: Ministério da Saúde disponível em http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/suicidio, 


Quer Conversar?
Ligue 188

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

A imagem pode conter: texto