Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

MPTO requisita investigação de notícia falsa que causou pânico na cidade de Peixe

Atualizado em 08/07/2020 00:00

A falsa notícia sobre estado de saúde grave de pessoa suspeita de estar infectada com a Covid-19 levou a Promotoria de Justiça de Peixe a requisitar à Polícia Civil a instauração de procedimento para apurar a identificação de suposto autor. O caso foi encaminhado ao Ministério Público pela Secretaria Municipal de Saúde e causou repercussão na cidade de Peixe.


As informações da Secretaria de Saúde dão conta de que o cidadão, autor da publicação, divulgou em suas redes sociais, no dia 05 de julho,  que uma moradora do município estaria internada no Hospital Regional de Gurupi em estado grave e respirava com a ajuda de aparelhos em razão da contaminação pelo novo coronavírus.

No entanto, segundo a secretaria, a notícia não é verdadeira, pois a paciente teria sido encaminhada para o hospital de referência apenas por precaução, mas estaria internada em leito clínico e com quadro de saúde estável.

De acordo com o promotor de Justiça Mateus Ribeiro, a prática de provocar alarma, anunciando desastre ou perigo existente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto configura delito previsto no art. 41 da Lei de Contravenções Penais.


Acesso Rápido