Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal, atalho ctrl shift 1. Acessar formulário de pesquisa, atalho ctrl shift 2. Acessar menu, atalho ctrl shift 3. Acessar mapa do site, atalho ctrl shift 4. Para voltar ao menu de acessibilidade tecle ctrl shift 0.
Acessibilidade Alto contraste
+
Tamanho de texto

Ctrl/Cmd + para aumentar

Ctrl/Cmd - para diminuir

Ctrl/cmd 0 para voltar ao padrão

Ministério Público do Estado do Tocantins

Destaque

Parceria busca promover a formação dos membros do MP brasileiro

Daianne Fernandes


Com o objetivo de promover a formação profissional dos membros do Ministério Público brasileiro, a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) e o Instituto de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (ICJP) assinaram parceria, nesta sexta-feira, 08, na sede do Ministério Público do Tocantins (MPTO), em Palmas.


O convênio vai ofertar condições especiais para os associados da Conamp no acesso e na frequência dos planos de pós-graduação promovidos pelo ICJP. Os associados do Clube de Vantagens terão desconto de 25% da totalidade do valor da mensalidade. Lembrando que o desconto não é cumulativo com qualquer outro em vigor.


Representando a Conamp, assinaram a parceria, o presidente da  Associação Tocantinense do Ministério Público (ATMP), Luciano Casaroti e o Promotor de Justiça do Rio Grande do Sul, Alexandre Saltz. A Universidade de Lisboa foi representada pela Profª Doutora Carla Amado Gomes.


Para Luciano Casaroti, que também compõe o Conselho Fiscal da CONAMP, o convênio é uma grande oportunidade de troca de experiências. “A Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa é bem conceituada na área jurídica e oferece cursos muito importantes para a formação dos membros do MP. Será de grande valia já que ocasionará intercâmbio de ideias e conhecimentos entre Brasil e Portugal”, disse.


O calendário dos cursos da Faculdade será disponibilizado no site da Conamp, para que cada integrante solicite a participação.  “São cursos principalmente das áreas do Direito Criminal e Direito Público e cada Associação poderá indicar algum integrante que tenha interesse na formação. Podemos também solicitar ao ICJP que realize alguns cursos de temas de nosso interesse”, informou Alexandre Saltz.


Prestigiaram o evento os Procuradores de Justiça do MPTO, Vera Nilva Àlvares Rocha Lira e José Maria da Silva Júnior, e o Corregedor-Geral do MPTO, João Rodrigues Filho. (com informações da ATMP).



Publicado em