Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

MPE participa de encontro do Fórum Perinatal em Palmas

Atualizado em 11/06/2018 18:56

Daianne Fernandes


Criado para discutir a Política de Atenção à Saúde da Mulher e da Criança no Estado do Tocantins, o Fórum Perinatal reuniu diversos órgãos que atuam na área da saúde, na última sexta-feira, 8, em Palmas. Entres eles o Ministério Público Estadual (MPE), representado pela Promotora de Justiça da Saúde, Maria Roseli de Almeida Pery.


O Fórum tem o objetivo de fortalecer as ações desenvolvidas, principalmente em referência ao parto e nascimento, com destaque, nesta reunião, para os trabalhos realizados pelas enfermeiras obstétricas em hospitais públicos do Estado, que apresentaram índices positivos ao avaliar o teste de Apgar dos recém-nascidos.


Durante a reunião, também foram apontados os desafios ainda existentes no trabalho e estruturação da rede, como melhorias necessárias no atendimento em consultório de enfermagem obstétrica e em ambulatório pós-parto. Também no atendimento para implantação de DIU e no aprimoramento do trabalho colaborativo, entre outros.


A Promotora de Justiça Maria Roseli Pery também apresentou as Ações Civis Públicas ajuizadas pela 27ª Promotoria, na qual atua, com o objetivo de assegurar o parto e o nascimento seguro a gestantes e bebês atendidos no Hospital e Maternidade Dona Regina, em Palmas.


Também ações contra a baixa qualidade na assistência ao pré-natal na Capital e voltadas à efetivação da rede cegonha no Estado.


A Portaria 247 da Sesau, que trata sobre a jornada de trabalho dos servidores da saúde, também foi destacada. O grupo vê a implantação da mesma como um desafio e uma solução para o deficit de médicos obstetras nos hospitais públicos do Tocantins.


Ainda foram abordadas diversas perspectivas de melhorias para o sistema, como novas turmas de especialização e residência de enfermagem obstétrica, o empoderamento das gestantes sobre a escolha do tipo de parto e a redução de cesarianas e mortalidade materna, entre outros.


Fórum

O Forúm Perinatal constitui um espaço coletivo, plural, gestor interinstitucional, onde se firmam acordos éticos do Estado com instituições, conselhos e sociedade civil para a promoção da saúde e qualidade de vida da mulher e da criança.









Acesso Rápido