Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

Curso “Negociação, mediação e conciliação” como métodos de resolução de conflitos foi ministrado pelo CNMP no TO

Atualizado em 15/05/2018 17:21


Denise Soares


O Promotor de Justiça Luciano Luz Badini Martins, membro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), promoveu, em parceria com o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional, no último dia 11, no Ministério Público Estadual (MPE), o curso “Negociação, Mediação e Conciliação”. Os integrantes do Ministério Público do Tocantins foram os primeiros a receber a capacitação do CNMP sobre métodos de autocomposição de solução de controvérsias, devendo a temática ser explanada a todas as unidades do MP brasileiro.


No evento, Badini falou da satisfação de poder voltar ao estado, trazendo à discussão um tema tão relevante para a solução de conflitos. Segundo ele, o Ministério Público deve ser resolutivo, encarando a judicialização como exceção. “A negociação, mediação e conciliação não deve ser alternativa secundária à Justiça formal, mas sim um meio a mais de resolução de conflitos de forma mais célere”, explicou Badini ao denominar o momento atual como terceira onda de acesso à Justiça.


Badini fez explanações e interagiu com membros e servidores, fazendo com que os participantes refletissem acerca de suas atuações práticas.


A coordenadora do Cesaf, Procuradora de Justiça Vera Nilva Álvares Rocha Lira, destacou que a atualização dos integrantes do MPE Tocantins faz-se necessária, diante das transformações pelas quais passa a sociedade.


Luciano Badini veio ao estado acompanhado do Promotor de Justiça de Rondônia Samuel Alvarenga Gonçalves e da jornalista do Ministério Público de Goiás, Larissa Lago Barbosa Bezerril.




Acesso Rápido