Menu de acessibilidade. Ao pressionar a tecla tab você navegará pelos atalhos que permitem acessar áreas do site. Acessar conteúdo principal; Acessar formulário de pesquisa. Acessar mapa do site.

Após intervenção do MPE, Sesau se compromete a contratar mais médicos para a oncologia do HGP

Atualizado em 13/03/2018 10:23

Denise Soares


Acerca da denúncia da falta de médico oncologista clínico no Hospital Geral de Palmas, o Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 27ª Promotoria de Justiça da Capital, informa que na tarde desta segunda-feira, 12, a Promotora de Justiça Maria Roseli de Almeida Pery reuniu-se com o Gerente da Rede Oncológica da Secretaria de Estado da Saúde, Rodrigo Cândido de Souza, e com o Assessor Jurídico da Sesau, João Batista Alves de Figueiredo.


Na ocasião, os representantes da Sesau confirmaram que o HGP está em déficit, uma vez que dos três oncologistas clínicos, dois estão afastados por motivo de licença médica, restando apenas um na equipe. Os representantes comprometeram-se a apresentar, no prazo de 24 horas, lista contendo os nomes de pacientes em tratamento e dos pacientes agendados para a primeira consulta desde a semana passada. A Sesau garantiu à Promotoria de Justiça que a partir da próxima quinta-feira, 15, um novo médico oncologista passará a integrar a equipe oncológica do HGP.


Vale ressaltar que o Ministério Público Estadual (MPE) é autor de uma Ação Civil Pública que cobra a garantia do atendimento universal, integral e igualitário dos pacientes da oncologia, a qual foi ajuizada no ano de 2016 e tramita na Justiça tocantinense.


Acesso Rápido